Polícia

Contratada por ‘Dona Xepa’, mulher acaba presa com cocaína no São Conrado

Foram presos por equipes do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco) nesta quarta-feira (27), no bairro São Conrado em Campo Grande, uma mulher de 42 anos contrata por WhatsApp para a comercialização de cocaína. Na casa da autora foram encontrados sete tabletes da droga, que foram avaliados em R$ 175 mil. Os policiais […]

Thatiana Melo Publicado em 28/01/2021, às 10h42

Cocaína estava escondida em compartimento oculto acima do tanque de combustível (Foto: Ilustrativa)
Cocaína estava escondida em compartimento oculto acima do tanque de combustível (Foto: Ilustrativa) - Cocaína estava escondida em compartimento oculto acima do tanque de combustível (Foto: Ilustrativa)

Foram presos por equipes do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco) nesta quarta-feira (27), no bairro São Conrado em Campo Grande, uma mulher de 42 anos contrata por WhatsApp para a comercialização de cocaína. Na casa da autora foram encontrados sete tabletes da droga, que foram avaliados em R$ 175 mil.

Os policiais chegaram até a residência depois de denúncias de que havia o comércio de drogas no local, sendo que na casa encontraram um rapaz de 23 anos, que afirmou ter sido contratado pela autora para buscar três tabletes de cocaína.

A mulher contou que havia recebido uma mensagem da contratante, que seria uma boliviana, conhecida como ‘Dona Xepa’ que ofereceu um corre para ela, que deveria pegar a droga com o rapaz encontrado na casa e que receberia o valor de R$ 1 mil, mas o rapaz afirmou que a cocaína seria da autora. Os dois foram levados para a delegacia e passam por audiência de custódia nesta quinta-feira (28) quando será determinada ou não a prisão preventiva.

Jornal Midiamax