Polícia

Comerciante é autuada por abandonar cachorro por vários meses sem água e comida

O cão da raça Chow Chow estava em uma casa abandonada e era alimentado por vizinhos

Lucas Mamédio Publicado em 18/09/2021, às 09h03

None
(Foto: Divulgação/PMA)

A Polícia Militar Ambiental de Costa Rica autuou e multou em R$ 3 mil comerciante, de 50 anos, por abandonar um cão da raça Chow Chow sem água e sem comida por cerca de 5 meses. Os vizinhos alimentavam e davam água ao cão.

Segundo os policiais, o cão estava na varanda amarrado, sem comida e água. No local, não havia as mínimas condições de higiene, com fezes, urina, muitos pelos ao chão e também exposição a intempéries. O animal apresentava-se debilitado e com vestígios de estresse e fadiga. 

A PMA localizou a proprietária do cachorro e procedeu à autuação administrativa contra a comerciante, que recebeu multa de R$ 3 mil. Ela também responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais, cuja pena contra cães e gatos é de dois cinco anos de reclusão.

Jornal Midiamax