Polícia

Com mandado em Campo Grande, PF deflagra operação contra fraudes no auxílio emergencial

Mandado foi cumprido em residência de indivíduo que teria fraudado contas do auxílio

Guilherme Cavalcante Publicado em 29/04/2021, às 09h53

None
Foto ilustrativa | Reprodução

A PF (Polícia Federal) deflagrou na manhã desta quinta-feira (29) a operação Quinta Parcela, que dá continuidade às diligências que investigam fraudes no auxílio emergencial. Há cumprimento de um mandados em Campo Grande.

A PF destacou que trata-se de um mandado de busca e apreensão em imóvel de pessoa residente na Capital, que teria sido beneficiada pelo pagamento do benefício de diversas contas fraudadas. Somado a este, há 44 outros mandados em cumprimento, sendo 37 de busca e apreensão e 5 de prisão temporária, além de 3 de sequestro de bens avaliados em R$ 140 mil, bloqueados por determinação judicial.

A Operação é decorrente de investigação integrada que identificou fraudes no auxílio emergencial. Além da PF, participam da forá-tarefa o MPF (Ministério Público Federal), Ministério da Cidadania, CAIXA, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e TCU (Tribunal de Contas da União).

A partir das investigações, foram identificadas fraudes massivas, que já somam 70 Operações Policiais visando o combate às fraudes, com a realização de mais de duas centenas de Mandados de Busca e mais de 30 indivíduos presos.

Além de Mato Grosso do Sul, há cumprimento de mandados nos estados do Pará, Tocantins, Goiás, Rondônia, Pernambuco e São Paulo, com a participação de aproximadamente 140 Policiais Federais.

Jornal Midiamax