Polícia

Com bala alojada na cabeça, vítima de tentativa de feminicídio é transferida para Três Lagoas

Quadro de saúde dela é considerado gravíssimo

Danielle Errobidarte Publicado em 14/05/2021, às 18h41

None
(Foto: Henrique Arakaki / Arquivo Midiamax)

Vítima de tentativa de feminicídio, de 31 anos, teve de ser transferida para o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, em Três Lagoas, após exames constatarem que o projétil está alojado em sua cabeça. Ela foi alvejada pelo ex-marido na tarde desta sexta-feira (14) em Bataguassu, cidade a 335 km da Capital.

Segundo apurado pelo jornal local Da Hora Bataguassu, a mulher precisou ser transferida após os médicos realizarem exames e consideraram o quadro de saúde dela como gravíssimo.

O suspeito dos disparos é o ex-marido da vítima, de 43 anos, que não aceitava o fim do relacionamento, e teria ido até a residência da mulher com uma arma de fogo, e efetuado os disparos.

Testemunhas contaram à Polícia Civil que ouviram pedidos de socorro e avistaram a mulher correndo pelo interior da casa. Proprietária de um bar, que funciona em frente à residência, teria tentado impedir o suspeito, mas foi ameaçada por ele. Após disparar, o ex-marido teria fugido em um carro Fiat Uno branco, com placas de Nova Andradina, e ainda não foi localizado.

A vítima também foi atingida de raspão no braço esquerdo, e foi encaminhada pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal de Bataguassu. O suspeito teria disparado diversas vezes contra a vítima.

Jornal Midiamax