Polícia

Chefe do narcotráfico foragido há 8 anos é preso na fronteira

Na época, foram apreendidos um avião e 311 quilos de cocaína que seriam levados para o exterior

Marcos Morandi Publicado em 09/09/2021, às 08h56

Prisão aconteceu nesta quarta-feira nas proximidades de Bela Vista
Prisão aconteceu nesta quarta-feira nas proximidades de Bela Vista - Reprodução

Depois de oito anos, em um procedimento realizado em San Pedro, nas proximidades de Bela Vista, em Mato Grosso do Sul, Mario Giménez Noguera, apontado como líder de uma gangue de traficantes de drogas que foi desmantelada em janeiro de 2013, foi preso nesta quarta-feira (8). Ele estava acompanhado do capataz de fazenda Faustino Martínez.

A operação comandada pelo promotor Marcelo Pecci, foi realizada pela Senad em 8 de janeiro de 2013, quando foram presos membros de uma família de Pedro Juan Caballero que estava envolvida no tráfico internacional de drogas. Na ocasião, foi capturado Genaro Giménez, filho de Mario Giménez.

Na época, foram apreendidos um avião e 311 quilos de cocaína que seriam levados para o exterior. Na ocasião, Mario Giménez conseguiu escapar na companhia de outras pessoas.

No entanto, a Senad informou que toda a quadrilha do narcotráfico que atuava na fronteira foi desarticulada. Um mandado de prisão foi emitido contra o suposto líder, que agora foi preso — oito anos depois. Os dois serão transferidos para Assunção para serem processados.

Jornal Midiamax