Polícia

Casal é flagrado com papelotes de crack e preso por tráfico de drogas

Jovem confirmou que realiza a venda de crack

Diego Alves Publicado em 02/06/2021, às 00h33

Divulgação, PM
Divulgação, PM

Policiais do 2º Batalhão de Polícia Militar prende casal por tráfico de drogas em Três Lagoas, cidade a 325 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a polícia, nesta segunda-feira (31) equipe do 2º Batalhão de Polícia Militar (2ºBPM) realizaram a prisão de um casal pela prática do crime de tráfico de drogas.

Por volta das 16h15min, após informações versando sobre um ponto de venda de drogas situado no bairro Paranapungá, uma guarnição de policiais militares do 2º BPM visualizou quando dois usuários conhecidos nos meios policiais foram até o local supracitado e realizaram a compra do entorpecente, sendo realizado a abordagem dos usuários onde com estes foi localizado uma “trouxinha” de substância análoga ao crack, e durante entrevista os abordados informaram que adquiriram o entorpecente do casal.

Assim que os militares se aproximarem do imóvel onde se realizava a mercancia da droga o indivíduo masculino de 21 anos, que se encontrava defronte a residência tentou fugir da abordagem deixando cair ao solo 03 “trouxinhas” de crack. Foi realizado a incursão no imóvel onde o masculino foi detido juntamente com a esposa de 22 anos, sendo que em buscas foi localizado no chão ao lado da cama várias embalagens para preparo das trouxinhas de crack, tesoura, isqueiro, e 6 trouxinhas já prontas para a venda idênticas a deixada no caminho de fuga do autor.

Indagado sobre a droga localizada, o jovem confirmou que realiza a venda de crack bem como indicou o esconderijo do restante da substância (aproximadamente 42 gramas de crack) que quando após fracionada renderia aproximadamente 130 “trouxinhas”, indicando também a localização de uma balança de precisão, e apontando a quantia de R$1.231,00 em notas diversas, como sendo dinheiro adquirido com a venda da droga.

Diante o fato os usuários foram encaminhados por portar droga para consumo pessoal e o casal pelo crime de tráfico de drogas, os quais após receber voz de prisão foram apresentados na delegacia de polícia civil.

Jornal Midiamax