Polícia

Casal de 'espertinhos' compra torta, créditos de estacionamento e até carne com cartão encontrado

Proprietária registrou B.O. contra autores, que até deixaram nome e telefone em casa de bolos

Mylena Rocha Publicado em 09/05/2021, às 13h06

Autora encomendou bolo e ainda deixou nome com telefone para entrega.
Autora encomendou bolo e ainda deixou nome com telefone para entrega. - Ilustrativa/Pixabay

Depois de encontrar um cartão de crédito no centro de Campo Grande, um casal de ‘espertinhos’ resolveu esbanjar com o dinheiro alheio. Com o cartão perdido por uma cliente, eles encomendaram um bolo, compraram créditos de estacionamento e carne. A autora chegou a deixar o nome e telefone na casa de bolos, para que pudesse receber a torta encomendada no domingo de Dia das Mães (9).

A dona do cartão registrou boletim de ocorrência e disse que tinha perdido o cartão em frente a uma loja na Rui Barbosa. Como tentou colocar o cartão no bolso traseiro da calça, ela acredita que possa tê-lo deixado cair. Porém, minutos depois, percebeu que alguém já estava fazendo comprinhas com seu cartão de crédito. “Revoltada com a maldade da pessoa que fez isso”, disse a vítima ao Midiamax. 

A mulher que encontrou o cartão fez uma compra de R$ 110 em créditos de estacionamento, uma compra de bolo no valor de R$ 192 e uma compra de carne no valor de R$ 50. A vítima entrou em contato com uma casa de bolos e verificou que havia uma encomenda para ser entregue no domingo do dia das Mães (9). A autora até deixou o nome e telefone anotados para entrega do pedido. Ela também foi  até a casa de carnes, onde as câmeras identificaram que um homem tinha usado o cartão da vítima. 

O homem foi identificado, ele relatou ser esposo da mulher que encontrou o cartão na rua. Ele contou que a esposa achou o cartão e resolveu fazer a encomenda do bolo. Ao chegar em casa, ela contou sobre o ocorrido. Foi quando ele disse: “Já que fez errado, vamos comprar uma carne também”, segundo relatou no boletim de ocorrência. 

O marido da autora foi até uma casa de carnes e tentou fazer compra de R$ 162, que foi recusada. Então, ele fez compra no valor de R$ 50. Como o casal não tinha senha da vítima, as compras foram feitas pela modalidade de aproximação. Depois da compra, o marido quebrou o cartão da vítima e jogou fora. 

A dona do cartão conversou com a reportagem e conta que ficou chocada com a atitude do casal. “Fico muito triste por saber que existem pessoas tão oportunistas. Eles não tinham antecedentes, então não foi flagrante e já estão liberados. Espero que pelo menos tenham vergonha, arrependimento não tiveram. É a prática do ditado: a ocasião faz o ladrão”, relata a vítima. 

Jornal Midiamax