Polícia

Caminhoneiro é obrigado a cavar a própria cova em sequestro de roubo de caminhão

Ficou cerca de 30 horas em poder dos bandidos

Thatiana Melo e Dayene Paz Publicado em 09/04/2021, às 08h45

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Um caminhoneiro de 50 anos passou por momentos de terror ao ficar cerca de 30 horas nas mãos de bandidos, que o sequestraram no golpe do falso frete, o contratando para um transporte de cargas em São Paulo. O caminhão foi abandonado em Campo Grande e encontrado nesta quinta-feira (8), em um posto de combustível.

O caso foi encaminhado para a Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos) onde a vítima presta depoimento nesta sexta (9). Ele contou ao Jornal Midiamax que foi sequestrado na tarde de terça (6), por volta das 14 horas na rodovia Anhaguera por dois bandidos, que ficaram dando voltas com ele até a ida ao cativeiro onde foi ‘cuidado’ por outros três bandidos.

Ele ficou cerca de 30 horas em poder dos ladrões, que levaram tudo dele deixando para trás um celular que estava escondido em seu bolso. E foi com este aparelho que a vítima em uma distração conseguiu ligar para a esposa avisando sobre o quem havia acontecido.

Mas, quando a esposa retornou a ligação, os bandidos ouviram o telefone tocar e enfurecidos afirmaram para o caminhoneiro que ele havia cavado a própria cova. Deram para o homem enxada e uma pá para ele cavar a cova. Em seguida ligaram para a esposa da vítima dizendo que iriam enviar pedaços do marido a ela. O caminhão seria levado para o Paraguai. Mas, depois de 30 horas em cativeiro sofrendo várias ameaças, ele foi liberado na mesma rodovia onde foi sequestrado.

O caminhão foi abandonado em um posto de combustível, no anel viário da Guaicurus em Campo Grande, nesta quinta-feira (8) e não se sabe ainda os motivos para o veículo ser deixado para trás pelos bandidos, que ainda não foram localizados.

Jornal Midiamax