Polícia

Cão é ferido e dono tem o braço mordido após ataque de pitbull em Campo Grande

Tutor do Pitbull disse que não iria dar assistência já que havia sido um acidente e caso vai parar na delegacia

Thatiana Melo Publicado em 27/10/2021, às 05h41

None
(Ilustrativa)

O ataque de um Pitbull a um cachorro de porte pequeno e a seu dono virou caso de polícia em Campo Grande, na noite dessa terça-feira (27), após o tutor do animal se recusar a dar assistência com despesas de veterinário.

O ataque aconteceu no bairro Panomara, na noite de segunda-feira (25), mas com registro da ocorrência nessa terça (26), quando o dono do cachorro ferido foi até a delegacia e relatou que estava passeando com seu animal, quando surgiu na rua o Pitbull, que foi para cima de seu cachorro.

Ele pegou o cachorro no colo, mas o animal teve o dedo dilacerado pelo Pitbull, que ainda mordeu seu braço, causando ferimentos. A vítima levou seu cachorro ao veterinário, que teve de amputar o dedo da pata.

Quando foi falar com o tutor do Pitbull, o homem teria afirmado que não daria assistência já que o fato havia sido um acidente. O caso foi registrado como omissão de cautela de animais.

Jornal Midiamax