Polícia

Brasileiro acusado de financiar esquema de tráfico na fronteira é preso com R$ 53 mil

Ele foi detido com três paraguaios durante operação

Renata Portela e Marcos Morandi Publicado em 06/07/2021, às 16h41

Dinheiro foi apreendido com o brasileiro
Dinheiro foi apreendido com o brasileiro - (Divulgação)

Nesta terça-feira (6), foi realizada a Operação Reflexo, em Pedro Juan Caballero, divisa com a cidade de Ponta Porã, que fica a 346 quilômetros de Campo Grande. A ação de combate ao crime organizado, voltado para o tráfico internacional de drogas, prendeu quatro pessoas, entre elas um brasileiro de 38 anos.

Conforme as informações da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai, a ação é uma continuação da Operação Gredos, realizada em junho. A operação prendeu quatro homens acusados de tráfico internacional de drogas, responsáveis pelo transporte de carregamentos de maconha no Paraguai e depois a entrada das cargas no Brasil.

Foram detidos Celso Eni Mendes dos Santos, brasileiro de 38 anos acusado de financiar a entrada das cargas ilícitas no país, e os três paraguaios Julio Cesar Cáceres Espínola, de 36 anos, operador logístico da organização, Eugenio Gomez Jara, 68 anos, responsável por intermediar entre compradores e traficantes do lado brasileiro e Willian Ramón González, 28 anos, operador logístico.

A ação foi realizada por quatro promotores paraguaios e, com Celso, foram apreendidos R$ 53 mil, além de 4.200 dólares. A operação é um desdobramento da apreensão de mais de 400 quilos de maconha no Paraguai. A droga, que entraria no Brasil, foi apreendida enquanto era transportada de uma cidade a outra e 5 pessoas foram presas.

Jornal Midiamax