Polícia

Bombeiros usam drones em operação para combater incêndios no Pantanal

Nos 9 primeiros meses do ano foram registrados mais de 4 mil incêndios florestais

Thatiana Melo Publicado em 18/09/2021, às 13h35

None
Militares durante combate ao incêndio na operação - (Divulgação, CBMMS)

Com os incêndios cada vez maiores no Pantanal, mais 40 alunos do curso de Formação de Sargentos e dois bombeiros  pilotos de drones foram para Corumbá a 444 quilômetros de Campo Grande para o combate na  Operação Hefesto.

Informações são de que toda tecnologia será usada para o combate aos incêndios, que cada dia mais tem se alastrado por todo o Estado, principalmente no Pantanal. Boa parte dos militares foi de helicóptero e outra parte de ônibus.

As altas temperaturas e baixa umidade do ar têm colaborado para que os incêndios florestais aconteçam em Mato Grosso do Sul. Em oito meses, quase 4 mil incêndios em matas foram combatidos e MS enfrenta quatro pontos críticos.

Incêndio que dura 2 dias

Moradores do assentamento Santa Mônica, a cerca de 60 quilômetros de Campo Grande, próximo à Sidrolândia, estão apreensivos com um incêndio que atinge a serra próximo às casas onde eles moram. As chamas já atingiram algumas casas, e o fogo já dura dois dias. 

Jornal Midiamax