Polícia

Boca da Dona Lúcia: mãe e filho são presos vendendo cocaína em Campo Grande

Idosa de 65 anos negou que comercializasse drogas, mesmo com policiais flagrando usuários

Thatiana Melo Publicado em 14/04/2021, às 08h51

None
(Divulgação PC)

Uma idosa de 65 anos e seu filho de 39 anos foram presos nesta terça-feira (13), em Campo Grande, no bairro Santa Luzia por equipes da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) quando vendiam cocaína.

Os policiais da especializada receberam a informação de que na rua Adolpho Pereira Barbosa funcionava a boca de fumo da Dona Lúcia, e que a movimentação no local era grande com a venda de cocaína. Os investigadores foram até a casa e flagraram quando um usuário saía do local.

Ele foi abordado e disse que comprou a porção de cocaína pelo valor de R$ 10, sendo que outro usuário indicou a boca de fumo falando que sempre compra drogas da idosa, mas que nesta terça (13) quem o atendeu foi o filho dela. Os policiais entraram na residência e encontraram 14 pedras de cocaína, além de sacos plásticos para embalara droga e R$ 18 da venda de cocaína.

Mas, a idosa negou que fazia a comercialização da droga dizendo que o filho era usuário e que a cocaína encontrada era do filho. O homem disse que é usuário de drogas desde os 9 anos e que não faz a comercialização de drogas. Os dois foram presos e levados para a delegacia.

Jornal Midiamax