Polícia

Bandido faz arrastão no pátio de posto e coloca arma na cabeça de motorista

Ao menos três motoristas foram assaltados

Renan Nucci Publicado em 11/04/2021, às 08h34

Caso foi encaminhado à Depac Centro, em Campo Grande
Caso foi encaminhado à Depac Centro, em Campo Grande - Arquivo

Bandido armado fez arrastão no pátio de um posto de combustíveis localizado  às margens da BR-163, em Campo Grande, neste sábado (10). Uma das vítimas teve um revólver apontado para a cabeça enquanto o criminoso tomava a carteira com R$ 1.800. Ao menos três motoristas foram assaltados, conforme a Polícia Civil.

Consta no boletim de ocorrência que um dos motoristas, de 48 anos, afirmou que estacionou no estabelecimento por volta das 15 horas para descansar e às 19 horas foi jantar no restaurante. Ao retornar para o caminhão, foi abordado por um desconhecido forte e armado, que aparentava ser um segurança. O indivíduo se aproximou e ordenou que o condutor entrasse na cabine.

Ele subiu no estribo, colocou a arma na cabeça da vítima, anunciando o assalto, e exigiu o dinheiro da carteira. O ladrão afirmava saber que o motorista tinha dinheiro guardado no local e fazia ameaças de morte. O autor tomou R$ 1.800 e ordenou que a vítima ficava dentro do caminhão por cerca de 30 minutos, pois estaria sendo monitorada por comparsas dele. No entanto, não foi identificada a presença de outros ladrões.

Ao notar que o bandido havia se afastado, a vítima desceu do caminhão e foi em direção à central do posto, onde foi informado pela gerente que outros dois motoristas também tinham sido assaltados e que a Polícia Militar estava a caminho. O outro caminhoneiro roubado, de 44 anos, disse que estava dormindo, por volta das 19 horas, quando um desconhecido bateu na porta pedindo para ele manobrar.

Imaginando que fosse um colega que precisava de ajuda, a vítima abriu a porta. Neste momento, foi surpreendida por um homem armado que anunciou o assalto, exigindo o dinheiro do frete. Ele tomou a carteira da vítima, mas como não tinha grande quantia, devolveu e ordenou que ela ficasse na cabine. O outro assalto é um motorista de 29 anos, que estava saindo do caminhão quando foi abordado e ficou com a arma nas costas.

O ladrão ordenou que ele voltasse para o veículo e exigiu a carteira. Como também não tinha muito dinheiro, jogou a carteira da vítima, ordenou que ela ficasse no caminhão e foi embora. O detalhe é que as três vítimas deram as mesmas informações sobre as características do autor. Em todos os casos, ele usou de grave ameaça. A ocorrência foi encaminhada à Polícia Civil.

Jornal Midiamax