Polícia

Autor de homicídio em 2019 é executado quando andava de moto na fronteira de MS

Na tarde de sábado (20), Sabino Alfonso Gonzales, de 26 anos, foi morto a tiros em Capitan Bado, fronteira com Coronel Sapucaia, a 380 quilômetros de Campo Grande. A mulher que estava com ele acabou ferida e foi levada ao hospital. Conforme as primeiras informações, dois homens que estavam em uma motocicleta teriam sido os […]

Renata Portela Publicado em 21/03/2021, às 12h23 - Atualizado às 12h42

Vítima foi morta com tiros no peito e cabeça (Divulgação)
Vítima foi morta com tiros no peito e cabeça (Divulgação) - Vítima foi morta com tiros no peito e cabeça (Divulgação)

Na tarde de sábado (20), Sabino Alfonso Gonzales, de 26 anos, foi morto a tiros em Capitan Bado, fronteira com Coronel Sapucaia, a 380 quilômetros de Campo Grande. A mulher que estava com ele acabou ferida e foi levada ao hospital.

Conforme as primeiras informações, dois homens que estavam em uma motocicleta teriam sido os autores dos disparos que mataram Sabino e feriram a namorada dele. O casal também estava em uma motocicleta, na Colônia Piray.

Sabino morreu no local e foi encontrado caído ao lado da moto, com ferimentos no peito e na cabeça. Já a mulher, conforme o MS em Foco, foi socorrida e levada ao hospital. Segundo a polícia, Sabino era acusado de um homicídio cometido em 2019.

Jornal Midiamax