Polícia

Atirador seria conhecido de empresário executado a tiros no Tarumã e estaria cobrando dívida

Vítima deixa dois filhos e a esposa que está grávida de gêmeos

Renata Portela e Danielle Errobidarte Publicado em 31/12/2021, às 10h24

Reginaldo foi morto a tiros por um homem em uma moto
Reginaldo foi morto a tiros por um homem em uma moto - (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)

O autor dos aproximadamente 10 disparos que vitimaram Reginaldo dos Anjos da Silva, de 49 anos, na manhã desta sexta-feira (31), seria conhecido da vítima. O crime aconteceu na frente de uma casa que o empresário alugava para festas, na Rua Verde Louro, no Jardim Tarumã em Campo Grande.

Reginaldo deixa dois filhos e também a esposa, que está grávida de 7 meses de gêmeos. Pessoas ligadas à família contaram que ele era proprietário de três terrenos no local, sendo um deles a casa que alugava para festas. Nesta manhã, ele limpava o local, após uma festa realizada na quarta-feira (29).

Enquanto ele trabalhava, o atirador teria chegado em uma motocicleta preta, vestindo uma jaqueta preta. A princípio, ele chamou Reginaldo e teria exigido que a vítima pagasse uma dívida. Os dois ainda discutiram, quando o autor fez os disparos. Foram aproximadamente 10 tiros.

(Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)

Reginaldo foi atingido no braço, perna e cabeça e morreu momentos depois. Equipes da Polícia Militar, Batalhão de Choque, GOI (Grupo de Operações e Investigações) e Perícia foram ao local, onde foram encontradas 4 cápsulas, ao lado do corpo da vítima. Corpo de Bombeiros também chegou a ser acionado, mas Reginaldo já estava sem vida.

Jornal Midiamax