Polícia

Assassinado na casa de primo em Campo Grande tinha passado o dia bebendo

Homem de 36 anos, morto a golpes de arma branca na noite de sábado (20), no Marcos Roberto, tinha passado o dia bebendo no local. Ele estava na casa de um primo, que ouviu discussão na frente da residência, que antecedeu ao homicídio. Conforme o delegado Rafael Kenji, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) […]

Renata Portela Publicado em 21/03/2021, às 07h56 - Atualizado em 22/03/2021, às 08h01

Imagem ilustrativa (Arquivo)
Imagem ilustrativa (Arquivo) - Imagem ilustrativa (Arquivo)

Homem de 36 anos, morto a golpes de arma branca na noite de sábado (20), no Marcos Roberto, tinha passado o dia bebendo no local. Ele estava na casa de um primo, que ouviu discussão na frente da residência, que antecedeu ao homicídio.

Conforme o delegado Rafael Kenji, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol, o homem foi encontrado caído no quintal da casa do primo. A equipe policial que esteve na residência identificou 4 perfurações por arma branca.

O primo contou que a vítima passou o dia bebendo vodka no local, ficou alterada e chegou a quebrar alguns pertences na residência. Quando o morador chegou, a vítima saiu e a testemunha conseguiu ouvir uma discussão na frente da residência.

Assim que o primo foi sair para ver o que acontecia, viu a vítima entrando na casa já ensanguentada. O homem não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e Corpo de Bombeiros estiveram no local.

Ainda conforme o delegado, a vítima já tinha passagens pela polícia e também já foi presa.

Jornal Midiamax