Polícia

Aquaplanagem pode ter causado acidente que matou uma pessoa e partiu carro ao meio

Foi identificado como Ronan de Oliveira Barbosa, fiscal tributário da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso do Sul), o motorista morto em acidente ocorrido no início da tarde desta quarta-feira (27), na região do distrito de Nova Casa, em Nova Andradina, a 297 quilômetros de Campo Grande. O automóvel dele, um Honda […]

Renan Nucci Publicado em 27/01/2021, às 16h47 - Atualizado em 28/01/2021, às 08h16

Carro da vítima ficou partido ao meio. Foto: Jornal da Nova
Carro da vítima ficou partido ao meio. Foto: Jornal da Nova - Carro da vítima ficou partido ao meio. Foto: Jornal da Nova

Foi identificado como Ronan de Oliveira Barbosa, fiscal tributário da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso do Sul), o motorista morto em acidente ocorrido no início da tarde desta quarta-feira (27), na região do distrito de Nova Casa, em Nova Andradina, a 297 quilômetros de Campo Grande. O automóvel dele, um Honda Civic com placas da Capital, teria aquaplanado na pista.

De acordo com o site Jornal da Nova, a vítima seguia pela MS-134, e não pela BR-267 (rodovias que se ligam), como noticiado anteriormente, quando houve colisão com um carreta na entrada do assentamento Angico.  A vítima teria perdido o controle e saído em direção ao veículo de carga, resultando na batida.

Com a força do impacto, o Civic chegou a se partir ao meio, ficando parte debaixo da carreta e parte na pista. Ronan foi mutilado, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O motorista da carreta escapou ileso. 

Ao Jornal da Nova, o condutor teria dito que chovia bastante no momento do acidente e havia muita água na pista, o que teria contribuído para uma aquaplanagem. A Polícia Civil e a perícia estiveram no local colhendo informações.

Jornal Midiamax