Polícia

Após tentar matar desafeto a tiros, homem se apresenta na delegacia com advogado

Vítima foi ferida com três tiros

Thatiana Melo e Dayene Paz Publicado em 26/04/2021, às 12h53

None
(Arquivo)

Após tentar matar o desafeto com três tiros em fevereiro deste ano, no bairro São Conrado, o acusado de 42 anos se apresentou na delegacia junto de seu advogado na manhã desta segunda-feira (26), onde foi ouvido e liberado já que não houve flagrante.

Durante seu depoimento ao delegado Mikail Farias, da 6º Delegacia de Polícia Civil, o autor disse que existia uma rixa antiga entre a vítima e o autor, que no dia do crime 19 de fevereiro, teria feito menção de estar armado e por isso, ele fez os disparos para se defender.

Ainda segundo ele, a rixa começou quando todos estavam na casa de sua prima e a vítima começou uma briga com a esposa sendo que ele interveio na discussão e o casal não teria gostado. Quando voltaram a se encontrar em frente a uma conveniência voltaram a brigar e fazer ameaças um contra o outro.

O autor, então, teria pegado uma arma emprestada com um vendedor de espetinho ido até a casa da vítima quando invadiu a residência fez três disparos quando o homem teria feiro menção de estar armado. Ele foi ouvido e liberado onde responderá pela tentativa de homicídio em liberdade.

Jornal Midiamax