Polícia

Após ouvir disparos, vizinhos chamam a polícia e suspeito de 24 anos é preso

Rapaz de 24 anos foi preso pela Polícia Militar na noite deste sábado (30), em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, após efetuar disparos com revólver calibre 22 em uma casa localizada no Residencial Ponta Porã I. Ele responde por posse irregular de arma de fogo, disparo e adulteração de sinal identificador de […]

Renan Nucci Publicado em 31/01/2021, às 07h55 - Atualizado às 11h56

Arma apreendida pelos policiais militares. Foto: Divulgação
Arma apreendida pelos policiais militares. Foto: Divulgação - Arma apreendida pelos policiais militares. Foto: Divulgação

Rapaz de 24 anos foi preso pela Polícia Militar na noite deste sábado (30), em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, após efetuar disparos com revólver calibre 22 em uma casa localizada no Residencial Ponta Porã I. Ele responde por posse irregular de arma de fogo, disparo e adulteração de sinal identificador de veículo, em razão de uma moto achada com ele.

Conforme boletim de ocorrência, por volta das 22h30, vizinhos acionaram a PM relatando sobre disparos em uma casa nas proximidades. No local, a equipe observou com cautela e se deparou com três homens conversando e consumindo bebidas alcoólicas. Durante abordagem, o grupo se dispersou e tentou pular os muros, ocasião em que o suspeito foi visto com a arma na mão.

Ele tentou dispensar o objeto jogando na direção da casa ao lado, mas tudo foi observado pelos policiais que cercavam o imóvel. Na residência em que estava foram encontradas três cápsulas deflagradas de calibre 22. Em seguida, foi recolhida a arma, confirmando se tratar do mesmo calibre das cápsulas encontradas. Com ele havia uma moto XT 600 com placa irregular.

O veículo tinha identificação de Minas Gerais, mas tais informações eram incompatíveis com dados que constavam no chassi e motor. O rapaz assumiu propriedade da moto e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante. Ele ainda foi levado ao hospital pois reclamava de dores, alegando ter se ferido enquanto tentava fugir pulando o muro.

Jornal Midiamax