Polícia

Após negociação, policiais prendem homem que mantinha namorada em cárcere privado

Ele dizia que só sairia dali morto

Renata Portela Publicado em 23/11/2021, às 16h23

Autor foi detido em flagrante pela PM
Autor foi detido em flagrante pela PM - (Divulgação)

Homem de 27 anos foi preso em flagrante por manter a namorada em cárcere privado em casa, sob ameaças de morte. O crime aconteceu no último domingo (21) em Deodápolis, cidade que fica a 260 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a Polícia Militar, equipe foi acionada para atender ocorrência de cárcere privado na residência do autor. No local, encontraram o homem sentado em uma cadeira, na porta da frente, bastante transtornado.

Mesmo assim, ele deixou que os policiais conversassem com a vítima e ela relatou que era mantida em cárcere privado sob ameaças. Segundo ela, o namorado dizia que a mataria e depois cometeria suicídio. A vítima disse que estava com muito medo e que o autor chegou a afirmar que só sairia dali morto e que não se entregaria.

Os policiais conseguiram tirar a mulher da casa, disfarçadamente. O autor acabou percebendo, afirmando que nem ele nem a namorada sairiam dali e que ele faria qualquer coisa para que isso não acontecesse. Houve uma negociação e até mesmo os pais do homem foram ao local.

Ele acabou cedendo e se entregou, sendo preso em flagrante. Levado ao hospital para exame de corpo de delito, ele tentou fugir, mas foi imobilizado e algemado. Ele ainda precisou ser medicado com calmante e depois encaminhado para a delegacia.

Jornal Midiamax