Polícia

Após encontrarem ‘muamba’ em depósito, Procon e Polícia fecham tabacaria famosa em Campo Grande

Receita Federal foi acionada e mais de 50 caixas de produtos foram apreendidas em depósito

Danielle Errobidarte Publicado em 31/05/2021, às 18h27

Tabacaria possui loja e depósito.
Tabacaria possui loja e depósito. - (Foto: Divulgação/ Procon MS)

Tabacaria localizada na Rua Dom Aquino, no Centro de Campo Grande, foi fechada na tarde desta segunda-feira (31) após operação conjunta entre Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo), Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), Receita Federal e Procon-MS (Superintendência Para Orientação e Defesa do Consumidor) encontrar produtos frutos de descaminho e contrabando na loja e depósito da empresa.

Ao todo foram mais de 50 caixas e mil produtos apreendidos no depósito da tabacaria, incluindo narguilés, cigarros eletrônicos e essências. A Receita Federal foi acionada para participar do flagrante, e encontrou produtos vencidos e até com comercialização proibida no Brasil.

Segundo o superintendente do Procon-MS, Marcelo Salomão, alguns dos produtos não tinham sequer informações em língua portuguesa, e outros eram frutos de descaminho. Outras fiscalizações semelhantes devem acontecer pela Capital. “É injusto com o fornecedor local que paga impostos em dia e vende produtos com origem comprovada. Vamos continuar fiscalizando para coibir essas práticas”, afirma.

A mercadoria foi levada para a Receita Federal. As outras ações, que devem acontecer nas próximas semanas, serão feitas a partir de denúncias já recebidas pelo Procon e pela Decon, de consumidores que reclamam de lojas de importados que não oferecem suporte na troca ou conserto dos aparelhos. Os próximos alvos não foram divulgados por segurança da fiscalização.

Jornal Midiamax