Polícia

Ao voltar para casa, mãe descobre que filha fugiu após ser abusada por padrasto

Menina contou que pedreiro ia até seu quarto enquanto dormia e passava as mãos em seu corpo

Thatiana Melo e Dayene Paz Publicado em 23/07/2021, às 11h55

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

A mãe de uma menina de 16 anos procurou a Depca (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), nesta quinta-feira (22), depois de descobrir que a filha havia fugido de casa após ter sido abusada pelo padrasto.

A adolescente contou que o pedreiro ia até seu quarto à noite e passava as mãos em seu corpo por debaixo de suas roupas, sendo que a última vez que cometeu o crime foi no dia 17 de julho. Por isso, a garota fugiu, indo para a casa do pai biológico - a quem descobriu há pouco tempo. 

A mãe estava internada em uma clínica e, quando saiu, voltando para casa nesta quinta-feira (22), acabou descobrindo o que havia acontecido. Ao ir procurar a filha, a menina disse que não voltaria para casa. O Conselho Tutelar foi acionado e o caso é investigado pela polícia. 

Jornal Midiamax