Polícia

Agrônomo é multado em R$ 12,5 mil por derrubada ilegal de árvores para exploração da madeira

Localizaram uma área de exploração ilegal de madeira

Diego Alves Publicado em 10/05/2021, às 21h27

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Bela Vista autuou um agrônomo em R$ 12,5 mil por derrubada ilegal de árvores para exploração da madeira e formação de área para lavoura em fazenda arrendada.

Segundo a polícia, após receberem denúncias de exploração ilegal de madeira, uma equipe realizaou fiscalização ambiental em uma propriedade rural no município e localizaram uma área de exploração ilegal de madeira. No local, várias árvores de grande porte foram derrubadas e arrancadas pela raiz recentemente.

O arrendatário da área, um engenheiro agrônomo, possuía uma licença do órgão ambiental para derrubada de árvores isoladas no local, para formação da área para lavoura, porém, quando os Policiais conferiram as espécies autorizadas, não constava aroeira e ele havia derrubado 25 árvores desta espécie sem autorização ambiental.

As árvores derrubadas ilegalmente, que possuem alto valor econômico, estavam ao solo no local e foram proibidas de terem a madeira exploradas, sem a legalização junto ao órgão ambiental. O infrator de 37 anos, residente em Jardim, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 12, 5 mil. Ele também responderá pelo crime ambiental de exploração ilegal de madeira, com pena de seis meses a um ano de detenção.

Jornal Midiamax