Polícia

Advogada é agredida por colega de profissão supostamente por ciúmes de detento

No sábado (20), advogada de 25 anos procurou a polícia para relatar que foi agredida no Presídio de Regime Semiaberto da Gameleira, em Campo Grande. A autora seria uma colega de profissão, atual do ex-namorado dela que cumpre pena naquela unidade. Segundo relato da vítima, ela foi até o presídio fazer atendimento a um cliente […]

Renata Portela Publicado em 21/03/2021, às 06h53 - Atualizado em 22/03/2021, às 10h23

(Foto: Arquivo Midiamax)
(Foto: Arquivo Midiamax) - (Foto: Arquivo Midiamax)

No sábado (20), advogada de 25 anos procurou a polícia para relatar que foi agredida no Presídio de Regime Semiaberto da Gameleira, em Campo Grande. A autora seria uma colega de profissão, atual do ex-namorado dela que cumpre pena naquela unidade.

Segundo relato da vítima, ela foi até o presídio fazer atendimento a um cliente e aguardava na frente da unidade. A autora, que também é advogada, é esposa do ex-namorado da vítima, que está detido na Gameleira.

A vítima relatou que a autora teria ficado com ciúmes, acreditando que ela estava lá por causa do ex. As duas discutiram e a advogada sofreu lesões nos braços. Além disso, estaria sofrendo ameaças por parte da colega de profissão.

O caso é tratado como lesão corporal dolosa, quando há intenção, e está em investigação.

Jornal Midiamax