Polícia

Adolescentes, garotas de programa são apreendidas transportando 30 kg de maconha em mochilas

Elas relataram que receberiam R$ 3 mil para transportar droga de Dourados até o Mato Grosso

Danielle Errobidarte Publicado em 22/04/2021, às 18h01

None
(Foto: Divulgação/ 3º BPM)

Duas adolescentes foram apreendidas nesta quinta-feira (22) transportando 33 quilos de maconha em mochilas, na cidade de Dourados, distante 225 km da Capital. Elas disseram ser garotas de programa e que foram contratadas em sua cidade natal, Rondonópolis, no Mato Grosso.

Policiais militares do 3º Batalhão da PM receberam denúncia de que duas mulheres estariam com uma carga de maconha e teriam pego carona com motorista de uma carreta, no distrito de Vila São Pedro.

Na zona urbana de Vila São Vargas, o motorista da carreta, de 38 anos, foi parado e disse que tinha saído com uma carga de adubo da cidade de Porto Alegre – RS, com destino a Campo Grande.

Na carreta estavam as duas adolescentes, que carregavam três mochilas com tabletes de maconha, pesando 33 quilos. Elas relataram que são prostitutas na cidade do Mato Grosso e que foram contratadas para fazer o transporte de Dourados até Rondonópolis, por meio de aplicativo de mensagem.

Elas ainda confessaram que receberiam R$ 3 mil pelo serviço e não souberam identificar nem o local nem as teria contratado. As duas foram encaminhadas à DAIJI (Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e Idoso) e o crime foi registrado como ato infracional por tráfico de drogas.

Posteriormente, foi constatado que uma das mulheres mentiu a idade, e ela também vai responder por falsidade ideológica e corrupção de menores.

Jornal Midiamax