Polícia

Adolescente de 17 anos morre atingida na cabeça durante tiroteio em MS

Adolescente de 17 anos identificada como Pâmela Saturnino morreu atingida na cabeça durante tiroteio ocorrido na madrugada deste domingo (14), na Avenida Dorvalino Santos, em Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande. Além dela, outras três pessoas foram baleadas. Um garoto de 17 anos e um homem de 22 anos são suspeitos dos disparos. Ainda […]

Renan Nucci Publicado em 14/02/2021, às 15h55 - Atualizado em 15/02/2021, às 08h46

Local onde adolescente de 17 anos foi encontrada morta. Foto: Sidrolândia News
Local onde adolescente de 17 anos foi encontrada morta. Foto: Sidrolândia News - Local onde adolescente de 17 anos foi encontrada morta. Foto: Sidrolândia News

Adolescente de 17 anos identificada como Pâmela Saturnino morreu atingida na cabeça durante tiroteio ocorrido na madrugada deste domingo (14), na Avenida Dorvalino Santos, em Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande. Além dela, outras três pessoas foram baleadas. Um garoto de 17 anos e um homem de 22 anos são suspeitos dos disparos.

Ainda não há detalhes sobre a motivação dos fatos. No entanto, segundo o site Sidrolândia News, a Polícia Militar foi acionada diante da informação de que envolvidos estavam se deslocando para o Hospital Elmiria Silvério Barbosa, em busca de atendimento médico. No trajeto, a equipe foi abordada por um rapaz de 23 anos que havia sido atingido no braço.

Este rapaz estava de carro, foi encaminhado para atendimento e disse que o suposto autor estaria em um automóvel Gol vermelho. Nas proximidades da unidade de saúde, o Gol foi encontrado. Pâmela estava morta dentro do veículo e o suposto condutor, um homem de 22 anos, estava recebendo socorro. Lá também estava um adolescente de 17 anos que, no momento da confusão, estava junto com o rapaz de 23 anos baleado no braço.

Tanto o menor quanto o homem de 22 anos, motorista do Gol, estavam feridos e foram transferidos para Campo Grande sob escolta policial. A suspeita é de que o adolescente tenha dado o tiro que matou Pâmela e o rapaz de 22 anos tenha dado o tiro que atingiu o outro de 23 anos no braço. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Este jovem baleado no braço foi encaminhado à Delegacia de Polícia da cidade para esclarecimentos e liberado, pois o tipo de envolvimento dele será confirmado apenas perícia e oitiva dos demais.

Jornal Midiamax