Polícia

Acusado de latrocínio contra oficial de Justiça é preso em MS

Acusado trabalhava em uma fazenda na região de Coxim

Diego Alves Publicado em 08/05/2021, às 20h53

Oficial de Justiça foi encontrado morto em casa (arquivo pessoal)
Oficial de Justiça foi encontrado morto em casa (arquivo pessoal)

A Polícia Civil de Coxim, cidade a 258 quilômetros de Campo Grande, prendeu Felipe Peixoto da Silva, 27, acusado de matar a facadas o oficial de Justiça Welliton Rezende Santos, 40, na cidade de Alto Taquari, no Mato Grosso.

O crime, que ocorreu na casa da vítima, trata-se de latrocínio, já que da residência foram levados dinheiro, carteira, notebook e uma televisão da residência. O oficial de Justiça foi morto com golpes da faca no peito, braço e pescoço. Diarista que prestava serviço ao oficial de Justiça, foi quem encontrou a vítima já morta.

Felipe Peixoto da Silva também foi preso, devido a outro mandado de prisão em aberto, por homicídio na cidade de Pedra Preta (MT).
Felipe foi preso em casa, onde estava na companhia da esposa e filho. Segundo informações, ele trabalhava em uma fazenda da região.

O corpo do oficial de Justiça foi encontrado dentro de casa no dia 18 de dezembro de 2017, já em estado de decomposição. Na casa, não havia sinais de arrombamento, o que levou a polícia supor que o autor tinha acesso à residência.

Jornal Midiamax