Polícia

Acusado de espancar homem até a morte disse que foi ameaçado pela vítima

O acusado de matar a pauladas Aparecido Ferreira de Souza de 43 anos e deixar outro homem de 49 anos ferido na cidade de Rio Brilhante a 158 quilômetros de Campo Grande na manhã deste sábado (20), disse que foi ameaçado de morte antes de cometer o crime. Ele confessou o assassinato e mostrou aos […]

Thatiana Melo Publicado em 20/03/2021, às 16h40

None

O acusado de matar a pauladas Aparecido Ferreira de Souza de 43 anos e deixar outro homem de 49 anos ferido na cidade de Rio Brilhante a 158 quilômetros de Campo Grande na manhã deste sábado (20), disse que foi ameaçado de morte antes de cometer o crime.

Ele confessou o assassinato e mostrou aos policiais onde estava a arma do crime que jogou na beira da rodovia BR-267 onde foi encontrado caminhando pelos militares logo após fugir do assentamento. O autor falou que ficou com medo das ameaças e matou Aparecido. Testemunhas disseram a polícia que era comum se reunirem na residência para fazer om uso de bebidas alcóolicas, sendo que na noite anterior estavam todos na casa.

Aparecido foi encontrado por volta das 6 horas da manhã deste sábado morto em cima da cama com vários ferimentos de pauladas. O outro homem foi levado ferido para o hospital da cidade. Uma mulher que estava na casa no momento do crime acabou presa depois dos policiais descobrirem que contra ela havia um mandado de prisão expedido. O autor não deu detalhes sobre os motivos para a desavença entre ele e as vítimas.

Jornal Midiamax