Polícia

‘Vou te dar um tiro na cara’: homem ameaça PM e investigador após ser detido dirigindo bêbado

Um homem de 26 anos foi preso na noite deste domingo (15) após dirigir bêbado, ainda ameaçar policiais militares e civis na cidade de Eldorado, a 440 quilômetros de Campo Grande. “Vou te dar um tiro na cara”, disse por diversas vezes na delegacia de polícia. O caso foi registrado como ameaça, desobediência, desacato, dirigir […]

Dayene Paz Publicado em 16/11/2020, às 11h52 - Atualizado às 11h56

Homem está à disposição da Justiça | Imagem de arquivo, divulgação
Homem está à disposição da Justiça | Imagem de arquivo, divulgação - Homem está à disposição da Justiça | Imagem de arquivo, divulgação

Um homem de 26 anos foi preso na noite deste domingo (15) após dirigir bêbado, ainda ameaçar policiais militares e civis na cidade de Eldorado, a 440 quilômetros de Campo Grande. “Vou te dar um tiro na cara”, disse por diversas vezes na delegacia de polícia. O caso foi registrado como ameaça, desobediência, desacato, dirigir embriagado e injúria.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, o homem participava de uma comemoração com a vitória de um candidato. A comemoração era realizada em uma conveniência, que estava lotada de pessoas, som alto e algazarra. Quando os policiais chegaram ocorria uma briga generalizada, que só parou com a chegada da PM.

Neste momento, o autor passou a xingar os policiais. “Vocês são uns bosta”. Em seguida, após a confusão acabar, o homem acompanhado por um grupo de aproximadamente 15 pessoas, passou a arremessar garrafas e latas de cerveja nos policiais, continuando com os xingamentos.

Os militares permaneceram no local até que as pessoas começaram a ir embora. O autor saiu em um veículo Hilux e cerca de duas quadras depois, os policiais tentaram abordar a caminhonete, momento em que o motorista fugiu em alta velocidade e realizando manobras perigosas. Foi feito acompanhamento a distância pela PM, até ser possível abordá-lo.

No entanto, o autor das ameaças havia descido da Hilux na fuga. Dessa forma, o motorista foi abordado e estava em visível estado de embriaguez. Ele recebeu voz de prisão e, após passar por exame na Fundação Hospitalar, foi encaminhado para a delegacia de polícia. O veículo foi notificado e encaminhado ao pátio do Detran.

Durante a confecção do Boletim de Ocorrência, o motorista começou a ameaçar de morte um dos policiais militares. “Isso não vai ficar assim, vou te matar, vou te dar um tiro na cara”, teria dito. Depois, chutou a viatura e também a perna do policial. Quando a PM chegou na delegacia com o motorista voltou fazer ameaças. Diante disso, foi informado pelo investigador que, caso não cessasse as ameaças dentro da delegacia, responderia por mais crimes. Neste momento ele disse: “fica quieto você também antes que sobre para você”.

Diante dos fatos, o homem permaneceu preso pelos crimes de ameaça, desobediência, desacato, dirigir embriagado e injúria. Ele se encontra à disposição da Justiça.

Jornal Midiamax