Polícia

VÍDEO: Em um mês, loja de celulares no Aero Rancho é furtada duas vezes e prejuízos ultrapassam R$21 mil

Câmeras de segurança de uma loja de celulares, localizada em uma galeria no Bairro Aero Rancho, flagraram o momento em que o estabelecimento foi furtado na madrugada desta segunda-feira (30). Essa foi a segunda vez, em apenas um mês, que o local foi invadido. O prejuízo ultrapassa R$ 21 mil. O proprietário da loja contou […]

Danielle Errobidarte Publicado em 30/11/2020, às 19h01

Homem de boné vasculha balcão de loja. (Foto: Leitor Midiamax)
Homem de boné vasculha balcão de loja. (Foto: Leitor Midiamax) - Homem de boné vasculha balcão de loja. (Foto: Leitor Midiamax)

Câmeras de segurança de uma loja de celulares, localizada em uma galeria no Bairro Aero Rancho, flagraram o momento em que o estabelecimento foi furtado na madrugada desta segunda-feira (30). Essa foi a segunda vez, em apenas um mês, que o local foi invadido. O prejuízo ultrapassa R$ 21 mil.

O proprietário da loja contou ao Jornal Midiamax que, após o primeiro furto, instalou câmeras de segurança próprias na área externa o no interior do local. “As câmeras de segurança da galeria não filmaram, então decidi colocar as minhas”, relatou.

Ele explicou que no dia 29 de outubro a loja foi invadida pela primeira vez. Na madrugada desta segunda-feira, por volta das 2h, os vídeos mostram um rapaz alto, de boné, usando ferramenta para romper a fechadura da porta.

Em seguida, o bandido vasculha o caixa e a bancada do local, e aparece colocando pertences em uma mochila. O homem chega  a olhar para fora da loja e se abaixar ao perceber movimentação de carros. “Ainda não consegui calcular exatamente o valor do prejuízo dessa vez. Da primeira, levaram cerca de R$ 15 mil, inclusive aparelhos de clientes. Agora, consegui contabilizar dois iPhones e mais dois celulares, em torno de R$ 6.500”, disse o proprietário.

A Perícia compareceu no local e, segundo o proprietário, encontrou impressões digitais. Ele também registrou um boletim de ocorrência e, até o momento, nenhum suspeito foi identificado.

Confira o vídeo:

Jornal Midiamax