Polícia

RG por R$ 10: vendedor que ofereceu ‘dinheirinho’ para PM comprou identidade falsa

Depois de ser preso com um documento falso de RG e um carro ‘bob’ – com documentação irregular – um pintor e vendedor de 24 anos confessou ter comprado o documento pelo valor de R$ 10, em uma loja na região central de Campo Grande próximo do Camelódromo. Ele passa por audiência de custódia nesta […]

Thatiana Melo Publicado em 06/11/2020, às 10h01 - Atualizado às 16h12

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

Depois de ser preso com um documento falso de RG e um carro ‘bob’ – com documentação irregular – um pintor e vendedor de 24 anos confessou ter comprado o documento pelo valor de R$ 10, em uma loja na região central de Campo Grande próximo do Camelódromo. Ele passa por audiência de custódia nesta sexta-feira (6).

Quando preso nesta quinta-feira (5), por equipes da Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos), o rapaz ainda ofereceu um ‘dinheirinho’ para o policial para poder ser liberado. “Eu fico até sem graça em dizer, mas quanto que o senhor quer para me liberar?, consigo arrumar um dinheirinho para o senhor”, teria dito o pintor que recebeu voz de prisão.

Ele foi levado para a delegacia onde também foi constatado que não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e que havia apresentado na autoescola a documentação falsa para poder retirar a CNH. A motocicleta que estava com ele era Bob e estava com a documentação atrasada desde 2011. Nesta sexta (6) será determinada ou não a sua prisão preventiva.

Jornal Midiamax