Polícia

Um dia após comparsa ser preso, homem é reconhecido como autor de furto

Cinco pessoas foram presas nesta terça-feira (22) por furto e receptação de produtos na área central de Três Lagoas, distante 333 km da Capital. Um dos autores foi reconhecido após o comparsa tê-lo entregue à polícia, durante abordagem no dia anterior. Foram recuperados notebooks, bicicleta e monitor. Por volta das 3h, policiais militares abordaram o […]

Danielle Errobidarte Publicado em 22/12/2020, às 12h15

Ventilador, bicicleta, notebook e televisor foram recuperados. (Foto: Divulgação/ PM)
Ventilador, bicicleta, notebook e televisor foram recuperados. (Foto: Divulgação/ PM) - Ventilador, bicicleta, notebook e televisor foram recuperados. (Foto: Divulgação/ PM)

Cinco pessoas foram presas nesta terça-feira (22) por furto e receptação de produtos na área central de Três Lagoas, distante 333 km da Capital. Um dos autores foi reconhecido após o comparsa tê-lo entregue à polícia, durante abordagem no dia anterior. Foram recuperados notebooks, bicicleta e monitor.

Por volta das 3h, policiais militares abordaram o suspeito em uma bicicleta, próximo ao local onde o furto foi cometido. Com ele, havia R$ 110 em espécie e, ao consultar seu nome, foi verificado que ele tinha diversas passagens, por tentativa de homicídio, furto e roubo.

Na noite desta segunda-feira (21), a PM (Polícia Militar) já havia prendido o comparsa do jovem em outros crimes. Ao ser questionado, ele confessou que participou do furto e indicou a localização dos receptadores.

Em uma casa no Jardim das Paineiras, os policiais encontraram notebook e prenderam um homem, que informou ter pago apenas R$ 50 pelo item. Em seguida, no bairro Vila Nova, dois receptadores, de 31 e 43 anos foram presos e alegaram já terem vendido os itens a uma moradora da região.

Um dia após comparsa ser preso, homem é reconhecido como autor de furto
Autor foi preso próximo ao escritório furtado. (Foto: Divulgação PM)

A mulher foi localizada no Bairro São Jorge com um notebook e um ventilador, e confessou que havia pagado pelos dois objetos apenas R$ 80.

Os produtos haviam sido roubados de um escritório na noite de ontem. O autor e mais quatro receptadores foram conduzidos à delegacia e presos em flagrante. Agora, a polícia busca pelos verdadeiros proprietários para que recebem seus bens de volta.

Jornal Midiamax