Polícia

‘Tudo o que arrisquei foi em vão’, disse imigrante antes de morrer em contêiner

Antes de embarcar no contêiner onde acabou morrendo, o imigrante argelino Sidahmed Ouherhe encaminhou um áudio a familiares, relatando como a situação que ele e os demais estavam era perigosa. “Tudo o que arrisquei foi em vão”, disse na mensagem enviada da Sérvia. Ele e mais seis foram encontrados mortos na semana passada, no Paraguai. […]

Renan Nucci Publicado em 28/10/2020, às 16h22 - Atualizado em 29/10/2020, às 08h19

Sidahmed Ouherhe é uma das vítimas encontradas no contêiner. Foto: ABC Color
Sidahmed Ouherhe é uma das vítimas encontradas no contêiner. Foto: ABC Color - Sidahmed Ouherhe é uma das vítimas encontradas no contêiner. Foto: ABC Color

Antes de embarcar no contêiner onde acabou morrendo, o imigrante argelino Sidahmed Ouherhe encaminhou um áudio a familiares, relatando como a situação que ele e os demais estavam era perigosa. “Tudo o que arrisquei foi em vão”, disse na mensagem enviada da Sérvia. Ele e mais seis foram encontrados mortos na semana passada, no Paraguai.

Conforme divulgado pelo jornal ABC Color, o relato mostrava a dura realidade na busca por uma vida melhor. “Sem sinal, sem wi-fi. Há pessoas que não são nada amigáveis. Que Deus me ajude. Deus me ajudou e encontrei wi-fi em um bar e pude ligar para você. Eles nos trouxeram para a Sérvia. A minha cabeça vai explodir. Tudo o que arrisquei foi em vão”, lamentou Sidahmed.

A mãe dele pediu às autoridades do Paraguai e da Argélia para que pudesse sepultar os restos mortais do filho. Além dele, também morreram Ahmed Belmiloudi, Mohamed Hadoun, Rachid Sanhaji, Said Rachir, Zugar Hamza e Yeza Aymen, sendo os quatro primeiros do Marrocos, o seguinte da Argélia e o último do Egito. 

Os corpos foram encontrados dentro de um contêiner que havia sido despachado de navio da Sérvia, em Julho. O objetivo das vítimas era chega à Itália ou Bélgica. Na semana passada, o empresário que encomendou uma carga de fertilizantes da Europa, se deparou com os corpos ao abrir o contêiner. 

Jornal Midiamax