Polícia

Traficante de armas do Comando Vermelho é preso em ação no Paraguai

Operação conjunta entre a Polícia Federal do Brasil e a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai, realizada nesta terça-feira (01), resultou na prisão de Pedro César Prieto, traficante de armas responsável pelo abastecimento do CV (Comando Vermelho), facção que atua no controle dos morros do Rio de Janeiro e a principal rival do PCC (Primeiro […]

Renan Nucci Publicado em 01/12/2020, às 13h25 - Atualizado às 15h31

Prieto escoltado por dois policiais paraguaios. Foto: Senad
Prieto escoltado por dois policiais paraguaios. Foto: Senad - Prieto escoltado por dois policiais paraguaios. Foto: Senad

Operação conjunta entre a Polícia Federal do Brasil e a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai, realizada nesta terça-feira (01), resultou na prisão de Pedro César Prieto, traficante de armas responsável pelo abastecimento do CV (Comando Vermelho), facção que atua no controle dos morros do Rio de Janeiro e a principal rival do PCC (Primeiro Comando da Capital).

A prisão ocorreu em Cidade do Leste, no país vizinho, após mais de um ano de investigações. De acordo com a Senad, o trabalho foi possível graças à troca de informações entre as forças de segurança dos dois países, bem como às prisões de mulas do tráfico flagradas nas fronteiras transportando os armamentos. Os criminosos despachavam a mercadoria em fundos falsos de veículos.

Prieto era procurado pela Interpol e tem mandado de prisão expedido pela Justiça do Rio de Janeiro. Ainda segundo as autoridades paraguaias, a captura dele implica em duro golpe à logística armamentista da facção. Por outro lado, os rivais do PCC travam batalha na outra ponta da fronteira, na linha internacional com Mato Grosso do Sul, para assumir o controle do tráfico de drogas.

Jornal Midiamax