Polícia

Tiro pro alto: Bala perdida cai em residência e quase atinge moradora na cabeça

Mulher moradora em Paraíso das Águas, município a 277 quilômetros de Campo Grande, por pouco não foi atingida na cabeça por uma bala perdida. O projétil atravessou o telhado e parou perto da vítima. Outros moradores reclamaram de ‘objetos’ caindo sobre suas residências. Nesta terça-feira (25), o delegado Alexandro Mendes de Araújo, responsável pelo inquérito, […]

Renan Nucci Publicado em 25/08/2020, às 13h45 - Atualizado às 16h56

Projétil foi apreendido e encaminhado para perícia. Foto: Divulgação
Projétil foi apreendido e encaminhado para perícia. Foto: Divulgação - Projétil foi apreendido e encaminhado para perícia. Foto: Divulgação

Mulher moradora em Paraíso das Águas, município a 277 quilômetros de Campo Grande, por pouco não foi atingida na cabeça por uma bala perdida. O projétil atravessou o telhado e parou perto da vítima. Outros moradores reclamaram de ‘objetos’ caindo sobre suas residências.

Nesta terça-feira (25), o delegado Alexandro Mendes de Araújo, responsável pelo inquérito, afirmou que tudo indica ter sido resultado de um disparo para o alto dado por desconhecido. “O projétil que sobe, uma hora desce e vem com o mesmo poder de destruição de quando disparado”, disse.

Agentes do SIG (Setor de Investigações Gerais) estivera na casa da mulher, no bairro Bom Jesus, onde apreenderam o projétil no último dia 15. “No mesmo dia, houve outras queixas semelhantes, ou seja, de objetos caindo sobre imóveis de moradores”, explicou Alexandre. 

Os investigadores já apuraram que o calibre é compatível com munição .40 e que as características remetem a munição de treino, normalmente usadas por CAC’s (Colecionadores, Atiradores e Caçadores). O objeto foi encaminhado para perícia em Campo Grande. O objetivo é rastrear a origem e identificar os responsáveis.

Jornal Midiamax