Polícia

Sindicato alerta que policiais civis não são obrigados a participar de eventos políticos

Por meio nota divulgada no site oficial na tarde desta terça-feira (10), o Sinpol-MS (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul) informou que os policiais não são obrigados a participar de qualquer comício, palestra ou reunião política. A entidade ressalta que o servidor tem direito de escolha e, caso seja de espontânea vontade, […]

Renan Nucci Publicado em 10/11/2020, às 17h46

Sede do Sinpol-MS em Campo Grande | Foto: Divulgação
Sede do Sinpol-MS em Campo Grande | Foto: Divulgação - Sede do Sinpol-MS em Campo Grande | Foto: Divulgação

Por meio nota divulgada no site oficial na tarde desta terça-feira (10), o Sinpol-MS (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul) informou que os policiais não são obrigados a participar de qualquer comício, palestra ou reunião política.

A entidade ressalta que o servidor tem direito de escolha e, caso seja de espontânea vontade, pode participar do movimento que desejar. No entanto, caso esteja sendo coagido, deve imediatamente denunciar ao Sinpol-MS, que vai adotar os procedimentos necessários.

“Caso esteja sendo obrigado, mesmo que veladamente, deve informar imediatamente o sindicato que tomará as providências cabíveis, inclusive denunciando tal situação ao Tribunal Regional Eleitoral e ao Ministério Público Estadual”, afirma Pablo Rodrigo Pael, presidente em exercício.

O sindicato ressalta ainda que as denúncias ficarão em sigilo. “O Sinpol mais uma vez ressalta: vivemos em um estado democrático de direito e condutas que violarem direitos e garantias fundamentais serão fervorosamente rechaçadas pelos meios legais cabíveis”.

Jornal Midiamax