Polícia

Ladrões flagrados em casa na Vila Planalto apanham até polícia chegar

Rapaz de 18 anos foi autuado e adolescente apreendido; moradores espancaram suspeitos e os detiveram até a chegada da Guarda Municipal

Humberto Marques Publicado em 07/06/2020, às 08h38 - Atualizado às 09h56

 (Foto: Ilustrativa/Arquivo)
(Foto: Ilustrativa/Arquivo) - (Foto: Ilustrativa/Arquivo)

Um rapaz de 18 anos foi preso e um adolescente de 17 apreendido pela Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande na madrugada desde domingo (7), acusados de tentarem furtar uma residência na Vila Planalto –região central da cidade. A dupla foi flagrada por populares, que os espancaram e os detiveram até a chegada das autoridades.

Conforme o registro policial, a ocorrência se deu por volta da 0h30 em uma residência da Rua Brunini. A Guarda Municipal foi alertada sobre um furto em andamento no imóvel. A denúncia partiu de um vizinho, que foi ao local acompanhada do vigia que cuida das casas e percebeu o portão de elevação do imóvel aberto e as luzes da casa acesas.

O denunciante, então, foi à casa da filha do dono do imóvel, nas imediações, conseguindo alertar o proprietário. No local, o dono explicou que seu portão estava com defeito e havia sido amarrado com um arame, que foi arrebentado pelos invasores.

Já dentro da casa, constatou-se que janelas de blindex do banheiro e de um dos quartos foram quebradas pelos invasores. Sobre a cama de um quarto, foram encontradas duas TVs retiradas de paredes, e um terceiro aparelho foi encontrado no corredor.

Outros vizinhos começaram a se aglomerar em frente casa, levando a dupla que estava no imóvel a tentar sair do local. Contudo, segundo o boletim de ocorrência, populares começaram a espanca-los e os imobilizaram até a chegada da GCM.

O rapaz e o adolescente foram levados à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino com lesões pelo corpo. O adolescente foi apreendido e encaminhado à Depac Cepol, no Tiradentes, enquanto o rapaz foi preso e entregue à Depac Centro, onde foi autuado em flagrante e aguardava audiência de custódia até a veiculação desta matéria.

Jornal Midiamax