Polícia

Polícia fiscaliza 17 embarcações e apreende apetrechos ilegais de pesca

A PMA (Polícia Militar Ambiental) fiscalizou 17 embarcações no rio Taquari na saída da operação Ictiofauna e apreendeu petrechos ilegais. Segundo a PMA, uma das equipes que iniciou a fiscalização no rio Taquari, em descida ao Pantanal, abordou 17 embarcações em atividade de pesca amadora e pescadores que praticavam a pesca no barranco do rio, […]

Diego Alves Publicado em 08/10/2020, às 21h17

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA - Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) fiscalizou 17 embarcações no rio Taquari na saída da operação Ictiofauna e apreendeu petrechos ilegais. Segundo a PMA, uma das equipes que iniciou a fiscalização no rio Taquari, em descida ao Pantanal, abordou 17 embarcações em atividade de pesca amadora e pescadores que praticavam a pesca no barranco do rio, em um total de 31 pessoas fiscalizadas, que pescavam legalmente em Coxim.

Ainda segundo a polícia, cumprindo um dos objetivos primários da operação que é a retida de petrechos ilegais, os Policiais já retiraram e apreenderam no rio Taquari uma rede de pesca de 50 metros, 14 anzóis de galho e um espinhel com 18 anzóis. Os proprietários dos petrechos ilegais não foram identificados.

Uma das maiores preocupações da PMA na prevenção à pesca predatória é a retirada dos rios desses petrechos proibidos que são armados por infratores, principalmente as redes de pesca, que além do alto poder de captura e depredação de cardumes, mesmo existindo muita dificuldade de se prender os autores devido ao pouco tempo de exposição para armá-los nos rios.

Jornal Midiamax