Polícia

Polícia Civil investiga suposto atentado contra vereador eleito em MS

A Polícia Civil investiga suposto atentado contra o vereador eleito Gabriel Auto Car (Patriota), de Sidrolândia, município localizado a 70 quilômetros de Campo Grande. A delegada Thais Duarte Miranda disse que os fatos teriam ocorrido durante a madrugada desta terça-feira (29) e que vai analisar imagens de câmeras de segurança. No entanto, ela não forneceu […]

Renan Nucci Publicado em 29/12/2020, às 14h31 - Atualizado em 30/12/2020, às 09h04

Vereador teria sido alvo de atentado. Foto: Mauro Silva/Jota FM
Vereador teria sido alvo de atentado. Foto: Mauro Silva/Jota FM - Vereador teria sido alvo de atentado. Foto: Mauro Silva/Jota FM

A Polícia Civil investiga suposto atentado contra o vereador eleito Gabriel Auto Car (Patriota), de Sidrolândia, município localizado a 70 quilômetros de Campo Grande. A delegada Thais Duarte Miranda disse que os fatos teriam ocorrido durante a madrugada desta terça-feira (29) e que vai analisar imagens de câmeras de segurança.

No entanto, ela não forneceu outros detalhes do caso, especialmente sobre autoria e motivação do crime, para não comprometer o andamento do inquérito. “Tomamos conhecimento do caso e estamos em busca de câmeras de segurança”, limitou-se a dizer a autoridade policial. 

Embora não confirmadas pela Polícia Civil, informações são de que o vereador estava em seu estabelecimento, quando o suspeito chegou ao local e tentou atirar contra ele, mas a arma falhou. Gabriel não se feriu. A equipe de reportagem tentou contato com ele, mas o celular estava desligado. O político foi eleito para o primeiro mandato com 378 votos.

Jornal Midiamax