Polícia

Polícia apreende 30 kg de pescado incluindo dourado que está com pesca proibida

A PMA (Polícia Militar Ambiental) apreendeu 30 kg de pescado incluindo dourado, que está com pesca proibida em Mato Grosso do Sul. A apreensão ocorreu no rancho Rio Verde em Água Clara, cidade a 192 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a polícia ambiental, uma equipe recebeu denúncia de que pescadores estariam utilizando um […]

Diego Alves Publicado em 02/11/2020, às 21h23

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA - Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) apreendeu 30 kg de pescado incluindo dourado, que está com pesca proibida em Mato Grosso do Sul. A apreensão ocorreu no rancho Rio Verde em Água Clara, cidade a 192 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a polícia ambiental, uma equipe recebeu denúncia de que pescadores estariam utilizando um freezer sem a permissão do proprietário de um rancho para armazenar pescado neste domingo (01), no Rio Verde nas proximidades da usina São Domingos.

A polícia e encontrou cinco peixes da espécie pintado e um exemplar dourado, o qual está com pesca proibida no freezer no alpendre do rancho. Além disso, dois exemplares da espécie pintado estavam abaixo da medida estabelecida por lei, o que também é crime. Os Policiais fizeram diligências no rio e não conseguiram encontrar os proprietários do pescado.

Ainda de acordo com a PMA, o pescado, pesando 30 kg foi apreendido. A PMA tentou encontrar o proprietário do rancho, apesar de a informação indicar que ele não estava envolvido e que há mais de uma semana não vai ao local. Porém, a ideia é por meio dele, tentar chegar aos autores da pesca predatória.

A PMA continuará tentando identificar os pescadores. Se identificados, os infratores responderão por crime ambiental de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. Serão também multados administrativamente em valor de R$ 700 a R$ 100 mil. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

Jornal Midiamax