Polícia

Polícia Ambiental resgata jacaré de 1,5 metro preso em anzol colocado em lagoa

A PMA (Polícia Militar Ambiental) resgatou um jacaré de 1,5 metro de anzol em lagoa marginal ao rio Amambai em Naviraí, cidade a 367 quilômetros de Campo Grande. Policiais ambientais receberam informações de que havia um jacaré fisgado em um anzol armado em uma lagoa marginal ao rio Amambai, a 5 km da zona urbana […]

Diego Alves Publicado em 15/09/2020, às 19h36 - Atualizado às 19h37

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA - Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) resgatou um jacaré de 1,5 metro de anzol em lagoa marginal ao rio Amambai em Naviraí, cidade a 367 quilômetros de Campo Grande. Policiais ambientais receberam informações de que havia um jacaré fisgado em um anzol armado em uma lagoa marginal ao rio Amambai, a 5 km da zona urbana da cidade.

Uma equipe foi rapidamente ao local e confirmou a denúncia, verificando que se tratava de um animal silvestre da espécie jacaré-do-papo-amarelo preso ao anzol com linha.

Ainda segundo a PMA, os policiais conseguiram dominar o animal e amarar sua boca, no sentido de evitar dor ao animal e proteção à equipe e conseguiram retirar o anzol. Segundo os levantamentos realizados, a armadilha teria sido colocada por caçadores que não foram identificados.

O jacaré que media aproximadamente 1,5 metro recebeu atendimento de um médico veterinário e foi solto no rio Amambaí em local distante da cidade.

Jornal Midiamax