Polícia

PMA solta peixes presos em rede de pesca ilegal no Rio Ivinhema

A PMA (Polícia Militar Ambiental) apreendeu petrechos ilegais de pesca no Rio Ivinhema e soltou pescados dos petrechos. Policiais ambientais que trabalham na operação Ictiofauna, realizou fiscalização no Rio Ivinhema e apreendeu diversos petrechos ilegais de pesca armados nas proximidades do Parque das Várzeas do Rio Ivinhema em Taquarussu, cidade a 329 quilômetros de Campo […]

Diego Alves Publicado em 09/10/2020, às 23h03

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA - Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) apreendeu petrechos ilegais de pesca no Rio Ivinhema e soltou pescados dos petrechos. Policiais ambientais que trabalham na operação Ictiofauna, realizou fiscalização no Rio Ivinhema e apreendeu diversos petrechos ilegais de pesca armados nas proximidades do Parque das Várzeas do Rio Ivinhema em Taquarussu, cidade a 329 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a polícia, uma das equipes retirou três redes de pesca medindo 80 metros, uma corda de espinhel medindo 40 metros com 18 anzóis e mais 23 anzóis de galho do rio.

Os petrechos proibidos estavam instalados no rio e os infratores proprietários do material não foram localizados e nem identificados. Cerca de 4 kg de pescado da espécie piau-três-pintas que estavam vivos presos nas redes de emalhar foram devolvidos ao rio. Também foram retirados do rio diversos tambores utilizados para cevas de peixes.

Jornal Midiamax