A PMA-MS (Polícia Militar Ambiental) realizaram fiscalização no rio Sucuriú, em Três Lagoas, a 325 quilômetros de Campo Grande, e autuaram um pescador com redes de pesca proibida. O infrator foi surpreendido armando os petrechos ilegais, em uma região denominada Paredão, em frente à fazenda Santa Rita.

O homem estava em uma embarcação sem motor e armava as redes no momento em que foi detido. Ele havia capturado dois quilos de peixes das espécies curvina, tilápia e piranha. A equipe ainda apreendeu duas redes de pesca, medindo 200 metros, e um barco de alumínio.

O pescador, residente em Três Lagoas, foi autuado administrativamente e multado em R$ 2.500,00. Também responderá por crime ambiental, que prevê pena de um a três anos de detenção. O pescado será doado para instituição filantrópica.