Na noite de domingo (26), dois homens de 48 e 25 anos acabaram na delegacia de Bataguassu, a 335 quilômetros de Campo Grande, após agredirem e acusarem um policial de roubo. Eles faziam uma festa em casa e chegaram a aumentar o volume do som ao serem abordados.

Segundo as informações da Polícia Militar, uma equipe foi chamada por vizinhos para ir até a casa onde o rapaz de 25 anos fazia uma festa com aglomeração. Ainda segundo os policiais, era possível ouvir o som da festa a mais de um quarteirão de distância.

Assim, foi feita abordagem ao rapaz e ao pai de 48 anos, no momento em que este saía da residência. Então foi orientado que o morador abaixasse o som, mas para debochar dos militares ele aumentou o volume e dizia que não seria preso.

Após começar uma confusão, o pai fechou o portão no policial militar, que ainda foi empurrado, enquanto o rapaz continuava dizendo que não seria preso. Já detido e no hospital, ele fez ameaças ao militar, que ainda foi acusado de roubo pelo pai do suspeito.

Conforme o registro, o homem acusava o policial de ‘sumir’ com dinheiro da carteira dele. Pai e filho acabaram autuados e o caso registrado como desacato, perturbação da tranquilidade e infração da medida sanitária, além de resistência.