Polícia

Pescador bate espingarda no casco de bote e morre com tiro acidental na cabeça

Homem de 56 anos identificado como Jair Ruzzene morreu atingido por disparo acidental na cabeça durante pescaria realizada neste domingo (29), no município de Iguatemi, a 466 quilômetros de Campo Grande. A arma teria disparado após bater no casco do bote. Conforme boletim de ocorrência, a Polícia Civil foi informada pelo hospital da cidade que […]

Renan Nucci Publicado em 30/11/2020, às 15h23 - Atualizado em 01/12/2020, às 09h15

Caso é investigado na Delegacia de Iguatemi. Foto: Divulgação
Caso é investigado na Delegacia de Iguatemi. Foto: Divulgação - Caso é investigado na Delegacia de Iguatemi. Foto: Divulgação

Homem de 56 anos identificado como Jair Ruzzene morreu atingido por disparo acidental na cabeça durante pescaria realizada neste domingo (29), no município de Iguatemi, a 466 quilômetros de Campo Grande. A arma teria disparado após bater no casco do bote.

Conforme boletim de ocorrência, a Polícia Civil foi informada pelo hospital da cidade que havia dado entrada na unidade de saúde um homem vítima de disparo de fogo, que já havia chegado em óbito. Diante dos fatos, os policiais foram ao local apurar o ocorrido.

As informações são de que a vítima estava indo pescar em uma lagoa nas proximidades do Rio Fogui, a cinco quilômetros de uma fazenda, juntamente com mais duas pessoas. Ele tentou entrar no bote segurando a espingarda que usaria durante a pescaria.

No entanto, ele acabou batendo a coronha contra  parte interna do casco, apoiando-se no cano da arma, momento em que houve o disparo. O projétil atravessou uma das mãos dele e em seguida atingiu a cabeça. O caso foi registrado como morte a esclarecer.

Jornal Midiamax