Polícia

‘Patrão’ do tráfico que recrutava garotos no Dom Antônio para vender maconha é preso em Campo Grande

Com uma ‘empresa’ voltada para o tráfico de drogas, foi preso nesta segunda-feira (9), no bairro Dom Antônio Barbosa em Campo Grande, o ‘Patrão’ de 20 anos. Ele recrutava adolescentes para a venda de maconha na região. Dois adolescentes acabaram aprendidos. Várias denúncias chegaram a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) de que na […]

Thatiana Melo Publicado em 10/11/2020, às 11h25 - Atualizado às 16h18

(Henrique Arakaki, Midiamax)
(Henrique Arakaki, Midiamax) - (Henrique Arakaki, Midiamax)

Com uma ‘empresa’ voltada para o tráfico de drogas, foi preso nesta segunda-feira (9), no bairro Dom Antônio Barbosa em Campo Grande, o ‘Patrão’ de 20 anos. Ele recrutava adolescentes para a venda de maconha na região. Dois adolescentes acabaram aprendidos.

Várias denúncias chegaram a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) de que na região do Dom Antônio, o rapaz conhecido como ‘Patrão’ contratava adolescentes para que revendessem drogas para ele. Os garotos recebiam entre R$ 50 e R$ 70 para fazerem a comercialização da maconha. Sendo que cada paradinha era vendida a R$ 5.

Os policiais montaram campana nesta segunda (9), quando flagraram os dois garotos com sacolas nas mãos e dentro 157 paradinhas e na outra sacola mais 26 porções de maconha. Quando abordados, eles confessaram que trabalhavam para o ‘Patrão’, que já tinha passagens por estupro.

Na casa do traficante, os policiais ainda encontraram mais maconha e petrechos para a comercialização e a embalagem. O homem confessou o crime e junto de um rapaz de 18 anos, que também trabalhava para ele acabou preso. Já os dois garotos foram levados para a Deaji (Delegacia Especializada de Atendimento a Infância e Juventude).

Jornal Midiamax