Polícia

Paraguai prende suspeitos do sequestro de capataz brasileiro na fronteira

Agentes do Departamento Antissequestro da Polícia Nacional do Paraguai capturaram nesta quarta-feira (18) três suspeitos do sequestro do capataz brasileiro Teodoro Antunes, de 50 anos, ocorrido no início do mês no estado de Amambay, localizado na fronteira com Mato Grosso do Sul. Os presos foram identificados como Bernardo Gonzáles Chaparro, Eusebio Gómes Torales e Isabelino […]

Renan Nucci Publicado em 18/11/2020, às 14h04

Dois dos três suspeitos presos pela Polícia Nacional. Foto: ABC Color
Dois dos três suspeitos presos pela Polícia Nacional. Foto: ABC Color - Dois dos três suspeitos presos pela Polícia Nacional. Foto: ABC Color

Agentes do Departamento Antissequestro da Polícia Nacional do Paraguai capturaram nesta quarta-feira (18) três suspeitos do sequestro do capataz brasileiro Teodoro Antunes, de 50 anos, ocorrido no início do mês no estado de Amambay, localizado na fronteira com Mato Grosso do Sul.

Os presos foram identificados como Bernardo Gonzáles Chaparro, Eusebio Gómes Torales e Isabelino Gómez. De acordo com o jornal ABC Color, Bernardo era peão da fazenda Zanja Hu, que também pertence ao proprietário da fazenda López Ykuá, onde trabalhava a vítima. Os demais são indígenas que participaram do crime e estavam com o celular usado nas negociações.

O sequestro ocorreu no dia 2 de novembro, na entrada da fazenda López Ykuá. Na ocasião, ao menos quatro homens armados com escopetas encurralaram o capataz brasileiro que descia da caminhonete para abrir o portão. A vítima foi mantida em cativeiro até que o resgate fosse pago, porém o valor não foi revelado. As investigações continuam por parte das autoridades paraguaias.

Jornal Midiamax