Polícia

Padrasto diz ser de facção criminosa e ameaça conseguir arma para matar jovem

Na quarta-feira (19), mulher de 26 anos procurou a polícia após ser agredida pela mãe e irmã e ainda ameaçada pelo padrasto. O homem teria dito que pertence ao ‘comando’ e que arrumaria uma arma para matar a vítima. Segundo o registro, a jovem deixou mercadorias para que a mãe e a irmã revendessem, mas […]

Renata Portela Publicado em 20/08/2020, às 09h26

(Arquivo)
(Arquivo) - (Arquivo)

Na quarta-feira (19), mulher de 26 anos procurou a polícia após ser agredida pela mãe e irmã e ainda ameaçada pelo padrasto. O homem teria dito que pertence ao ‘comando’ e que arrumaria uma arma para matar a vítima.

Segundo o registro, a jovem deixou mercadorias para que a mãe e a irmã revendessem, mas elas não teriam conseguido. Então, foi até a casa da família buscar os produtos, quando foi agredida pelas duas mulheres, que se negaram a devolver a mercadoria.

Em seguida, o padrasto também chegou tentando atingir a vítima com um capacete, mas foi impedido pelo marido dela. Mesmo assim, ele ainda disse que pertence ao “comando”, se referindo à facção criminosa, e ainda que arrumaria uma arma “para acabar com ela”.

Com isso, o caso foi registrado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) como ameaça, apropriação indébita, ameaça qualificada por violência doméstica e lesão corporal dolosa.

Jornal Midiamax