Polícia

Na véspera do feriado, guarda flagrou 175 ‘vacilões da quarentena’ nas ruas de Campo Grande

A véspera de feriado foi agitada nas ruas de Campo Grande, apesar do toque de recolher e da recomendação para ficar em casa durante a pandemia da coronavírus (covid-19). Na madrugada desta quinta-feira (11) a Guarda Municipal flagrou 175 pessoas após o toque de recolher na Capital. Com as denúncias e através das rondas,  28 […]

Ana Paula Chuva Publicado em 11/06/2020, às 08h46 - Atualizado às 12h32

(Divulgação | Guarda Municipal)
(Divulgação | Guarda Municipal) - (Divulgação | Guarda Municipal)

A véspera de feriado foi agitada nas ruas de Campo Grande, apesar do toque de recolher e da recomendação para ficar em casa durante a pandemia da coronavírus (covid-19). Na madrugada desta quinta-feira (11) a Guarda Municipal flagrou 175 pessoas após o toque de recolher na Capital.

Com as denúncias e através das rondas,  28 estabelecimentos comerciais foram orientados a fecharem as portas e todas as pessoas abordadas nas ruas foram orientadas a voltarem e permanecerem em casa.

Ao todo a guarda recebeu 290 ligações de denúncias no 153, dessas 167 foram em razão da quarentena.

Vale lembrar que o toque de recolher foi estendido até o dia 30 de junho, sendo proibida a circulação de pessoas e a abertura de estabelecimentos comerciais entre a meia-noite e 5 horas. Participaram da ação 23 guardas municipais.

Jornal Midiamax