Polícia

Na fronteira, polícia apreende 415 quilos de haxixe marroquino

A Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai apreendeu neste domingo 415 quilos de haxixe marroquino em ação realizada na região da Colônia Aguará Vevê, distrito de Capitán Bado, na fronteira com o município sul-mato-grossense de Coronel Sapucaia, a 380 quilômetros de Campo Grande. Segundo nota, o carregamento estava separado em 607 tabletes divididos em nove […]

Renan Nucci Publicado em 20/01/2020, às 14h05

None

A Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai apreendeu neste domingo 415 quilos de haxixe marroquino em ação realizada na região da Colônia Aguará Vevê, distrito de Capitán Bado, na fronteira com o município sul-mato-grossense de Coronel Sapucaia, a 380 quilômetros de Campo Grande.

Segundo nota, o carregamento estava separado em 607 tabletes divididos em nove bolsas. Por meio de denúncia, agentes foram informados que um grande carregamento da droga seria entregue no local, motivo pelo qual as equipes passaram a fazer monitoramento.

Dois traficantes perceberam a presença policial no local e fugiram a pé, abandonando a droga perto de um matagal. Os agentes fizeram buscas, mas não encontraram nenhum dos suspeitos. A droga foi recolhida e encaminhada à sede da Senad.

O haxixe marroquino é reconhecido pelo alto teor de concentração do princípio ativo, e se distingue dos demais por ter sabor picante, refrescante, ou doce, de acordo com o tipo do cultivo. A droga é uma das mais consumidas na Europa e tem alto valor de mercado.

Jornal Midiamax